1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Apresentação

A Escola de Música sempre foi parte integrante da Banda Filarmónica, uma vez que a aprendizagem da música está subjacente ao trabalho desenvolvido pelos filarmónicos.

Os primeiros passos para a implementação do modelo atual da Escola de Música foram dados aquando da presença do Maestro Sousa, tendo-se verificado a maior evolução a partir de 2009, com a vinda do Maestro Prof. Álvaro Pinto, com o qual se consolidou a estruturação e organização que a Escola hoje apresenta. Atualmente são Professores e Coordenadores o Maestro Prof. Henrique Pereira e a Prof. Paula Henriques, apoiados pelos Monitores de Naipe.

Os princípios orientadores do trabalho desenvolvido na Escola visam a concretização de 3 objectivos essenciais: formação pessoal, individual e social, formação musical e formação de novos filarmónicos.

A Educação Musical ministrada centra-se nas seguintes áreas de aprendizagem:

• Formação Musical
• Instrumento
• Coro

O percurso formativo começa com as aulas de Iniciação Musical da Prof. Paula Henriques, frequentadas por alunos de 5 a 8 anos. O Coro Infantil, também dirigido pela Prof. Paula, integra cerca de 40 crianças e jovens de diversas idades. Os Monitores de Naipe asseguram as aulas de Formação Musical e Instrumento - Flauta, Flautim, Fagote, Clarinete, Saxofone, Trompete, Trompa, Trombone, Eufónio, Tuba, e Percussão.

O trabalho desenvolvido pelos Professores e Monitores da Escola, tem fomentado o interesse e motivação pela aprendizagem da música, levando muitos dos nossos alunos a traçar um rumo mais ambicioso, ingressando no Conservatório de Música de Coimbra. No ano de 2013/3014 cerca de 30 jovens frequentaram o Conservatório, apoiados pelas suas famílias e pela Direcção da nossa Associação e, nas últimas provas de admissão entraram mais 5 crianças.

São alguns destes alunos e ex-alunos do Conservatório que leccionam as aulas de formação musical e Instrumento, transmitindo aos mais novos os seus conhecimentos, num exercício de cidadania ativa. Há anos atrás foi também esta Escola que lhes despertou a paixão pela música e nela iniciaram o seu percurso de formação musical, ingressando bem cedo na Banda Filarmónica. Na Banda, tanto aos mais experientes como aos executantes mais jovens é colocado o desafio constante de trabalhar com esforço e dedicação, potenciando a qualidade artística individual e do grupo, da qual todos se orgulham.