1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Magnífica festa de aniversário da Associação Filarmónica de Arganil

aniversário 2014 - Cópia


 

No dia 12 de Julho, a Associação Filarmónica de Arganil celebrou o seu CLXI aniversário com um encontro de bandas, tendo sido convidada a Banda Filarmónica Mirandense.

As comemorações iniciaram-se logo pela manhã com alguns grupos da nossa banda a tocar pelas ruas da vila, animando o dia de quem passava.

À tarde, a Filarmónica Mirandense juntou-se à nossa festa e, depois da arruada das duas filarmónicas, concentraram-se na Praça Simões Dias para tocar em conjunto a marcha “Lira 2003”. Seguiu-se a habitual missa em memória dos Filarmónicos, Diretores e Sócios já falecidos e de todos aqueles que, de algum modo, integraram a história desta Associação.

O jantar foi preparado e confeccionado com a preciosa colaboração de familiares e amigos dos filarmónicos, proporcionando belos momentos de convívio e partilha, evidenciando a entreajuda entre a direção e as famílias dos executantes que têm revelado um interesse crescente pelas atividades da associação. A todos os que, de um modo ou de outro, trabalharam e contribuíram para esta festa, o nosso muito obrigado!

À noite, chegado o momento mais esperado, a praça encheu-se para assistir ao espectáculo que começou com o excelente concerto da filarmónica Mirandense.

 Seguiram-se as habituais intervenções, nas quais se salientou a importância desta instituição que, com 161 anos de histórias, de vivências, de trabalho, constitui um património imaterial valiosíssimo transmitido ao longo de várias gerações. Não esquecendo a sabedoria que herdámos de um passado com 161 anos, procuramos a renovação e inovação, investindo no património instrumental, proporcionando mais um pequeno salto de qualidade. Assim, à semelhança de anos anteriores, foram entregues novos instrumentos. Os filarmónicos Inês Vinagre e Duarte Vaz receberam, respetivamente uma trompete e um eufónio. Também a aluna da Escola de Música, Joice Figueiredo, recebeu a flauta transversal pelas mãos de um dedicado membro da direção, Sr. Óscar Quaresma.

Terminámos com mais um magnífico concerto da Filarmónica Arganilense, fechando com chave de ouro as celebrações deste ano. Apesar da noite fria que se fez sentir, os arganilenses mantiveram-se de coração e ouvidos bem abertos para apreciar mais um concerto brilhantemente executado pela sua filarmónica.

Em suma, concretizaram-se os objetivos essenciais desta iniciativa, promovendo o intercâmbio geracional, social e artístico entre bandas filarmónicas, divulgando a sua música e, ao mesmo tempo, homenageando todos os que escreveram a história destes 161 anos.

A direção